domingo, 4 de junho de 2017

Em paz...




Em paz...


Marés, 
adamastores,
ventos...

Caindo,
sempre indo,
subindo...

Do altar
maior o alcance
do olhar...

Do céu,
quase sentido
dentro...

As palavras
em paz
são caladas...


José Rodrigues Dias, 2017-06-04

Sem comentários:

Enviar um comentário