quarta-feira, 19 de julho de 2017

Rua dos Mercadores




Rua dos Mercadores


Chegar e por esta rua ficar,
até um dia, ficando, mais abaixo e acima, e pelo meio,
e, hoje, regressar e lembrar...

Dormir, primeiro,
aprender e ensinar, fórmulas, números, depois, sempre,
bits, bytes, tantos...

As mãos dadas,
sim, também,
certa a passada...

E quanta lembrança boa...
Pedras... Não me lembro... Talvez as da calçada...
O caminho não foi à toa...


José Rodrigues Dias, 2017-07-11

Sem comentários:

Enviar um comentário