sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Évora, Artes à Rua




Évora, Artes à Rua


De tamanho, não coube no dia o calor do Sol,
estendeu-se e preencheu cada recanto da noite.
Cheia, na praça maior um refresco de música…

De Rebel, de Händel e de Vivaldi,
Orquestra Barroca Casa da Música, Praça do Giraldo,
virtuosismo de Dmitry Sinkovski…

O Sol já deitado,
na noite de música refrescante
o som levantado…

No cimo da planície
a cultura fluindo, alargando-se, espaços abertos e fechados
feitos templos de arte…

Oficiantes:
os Mestres do ritual,
os Artistas…


José Rodrigues Dias, 2019-09-06

2 comentários:

  1. Uma das consequências
    das iniciativas belas
    é a multiplicação
    de sequelas

    Claro
    que falo
    do que antes
    era raro
    e hoje
    é abundante

    Réplicas do Avante?

    Que seja! E viva a Festa!
    A outra e essa!

    ResponderEliminar